sábado, 27 de dezembro de 2014

E em 2014? O que aconteceu?

Olá pessoas, é claro que não podia faltar uma retrospectiva.
O que tudo mundo espera!
O que todos adoram ler!
UHUUUU!

É meio impossível contar tudo o que aconteceu no ano sem ficar cansativo, e filtrar as coisas contáveis  não é algo muito empolgante pra mim já que minha vida não acontece lá aquelas coisas muito vividas aos olhos dos outros.
Mas assim como todo ano sempre tem algo legal (ou não) pra ser citado então vamos lá!

Conheci o Fer
Primeiro namorado e primeira pessoa de todas as coisas q não conhecia.
Eu era aquele tipo de garota ingênua sabe, nunca fui a bobinha mas sempre acreditei em alguém perfeito, e quando me desfiz dessas idealizações, e quando estava em uma época boa comigo mesma e tinha me encontrado, eis que aparece alguém que me fez acreditar que existe algo que pode te fazer ir além disso tudo.
Eu hoje não sou mais de escrever algo bonito que caracteriza o amor, assim como já disse, ele é sentido, é vivido e o que traz em mim é muito mais que qualquer texto bonito ou bem escrito pode descrever.

Terminei meu curso
Apesar de todos os apesares que um curso técnico,e se é que posso queimar um pouco o filme deles, um tanto quanto mal organizado trazer, foi algo que valeu a pena.
Pois vi que pude ser capaz de concluir algo mesmo sendo tímida.
Apresentar um tcc da qual demos nossa cara a tapa ao ir atrás da empresa para fazermos uma consultoria foi muito gratificante.


Abri um brechó online
Eu em parceria com minha irmã e minha mãe iniciamos um brechó online para vendermos as roupas fofas que encontrávamos nos brechós, já que toda vez que fazíamos uma postagem sobre, principalmente a De que tem um bom olho para encontrar roupas fofas, as pessoas comentavam com elogios.
De um tempo pra cá contamos com a ajuda de mais uma maria, a Mayumi que além de já ter estudado moda, manda muito bem em customizações!
A De sempre quis um brechó e acho q esse nosso tem tudo para ir pra frente e bombar! \Ô

 Não deixem de conferir 

Siga também no instagran 


Aprendi a desenhar carinhas!
(Graças a Deus senhor Jesus!)
Depois de analisar, analisar e analisar percebi que o meu erro era não usar traços mais masculinos  tanto no rosto como no corpo. Aí comecei a observar mais os traços e principalmente me inspirar nos desenhos da minha ilustradora preferida andrahilde, e assim foi fluindo a coisa.
Comecei também a colorir meus desenhos e me empenhar mais neles e acho que encontrei mais o meu estilo! Estou bem happy com isso.

Aquela propaganda!
Não deixem de curtir a página.
Conheci o Castelo Rá Tim Bum
Como já fiz um post sobre não vou muito além.
Só que, foi um sonho de criança se realizando!
Aqui está o link da postagem Bum Bum Bum Castelo Rá Tim Bum
Foi demais!

Roberto Bolaños partiu dessa pra uma melhor 
Eu nunca sou de ficar sofrendo por alguém famoso, mas confesso que com esse eu senti um aperto muito ruim e até chorei assistindo uma reportagem sobre.
O cara era um gênio e melhor do que qualquer talento, sabia ser humilde e simples.
E o seriado Chaves não fez parte só da minha infância, faz parte da minha vida até hoje.



Fomos esquecidos na estrada e fui assistir um filme em 3D pela primeira vez
Isso conta sim! Mesmo o filme sendo frozen...
Essa parte da estrada foi terrorizante mas hoje dou risada, resumindo estávamos eu e meus primos\irmã\amigas sozinhos com fome e com frio andando sozinhos na estrada de noite pois ficamos o dia todo no rio e na hora de ir embora não tinha quem nos levasse. Até que no meio do caminho surge a carona como que caísse do céu e a terrível pernada até a cidade acabou. Maravilhosos, lindos e aquáticos! Não perdemos uma água #medo quase um filme de terror, só a lua iluminando, fujam kkk

Li mais livros do que poderia imaginar
Ao todo foram 7 livros (sem contar o eu me chamo antônio) que li em um mês e pouco.
Tudo isso pq estava inspirada e também iam poucos clientes na loja em que estava trabalhando, então aproveitei o tempo meio parado e comecei a ler.
Foi bem legal, mas meu ponto forte não é ler então saindo do serviço já parei com essa vida... pena.

Estante de livros da minha irmã

E principalmente:
Cresci!
Claro q em todo ano crescemos, mas nesse quis citar isso na questão de que amadureci um pouco ao enxergar de modo diferente as coisas, creio que começar a namorar ajudou nisso e não só mas também todas as decepções que tive com empregos e outros afins.
A vida é esse constante crescimento e descobrimento do que somos.


E é isso por esse ano
Bye Bye
xoxo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.