terça-feira, 26 de abril de 2016

Se a sexualidade nos fosse tirada de que valores viveríamos?

Baseado em meu olhar sobre.

Se tem um estilo que admiro muito é esse Burlesquense, acho que é de total sensualidade e mistério sem ser vulgar.
E ao tirar fotos inspiradas nesse tema um dia desses creio que tenha entrado em conflito com um post que fiz anteriormente.
Além da admiração, essa sensualidade envolve outros sentidos, e foi algo que me fez descobrir um lado mais sexy em mim.
Vejo a sexualidade no hoje se fazendo muito como banal e das vezes vulgar demais, creio que isso seja consequências em tornar como normal algo que sempre foi do ser humano.



Eu nunca fui muito de gostar de lidar com o cru, acho que as coisas se tornam um pouco mais interessantes se escondidas até a medida certa.

Antes a mulher tinha uma postura a seguir e se saía da mesma era vista como promiscua, no meu ver hoje esses padrões se fazem mais fracos, o que é bom e não.
Aceito o natural em sermos e 'precisarmos' as vezes de sexo, mas colocar como centro da nossa alegria e todos méritos esse prazer não é meu ponto.
Pois ao tirar fotos assim não ofereço minha carne, meu existir e sim me mostro como alguém sexy que posso ser e sou.



 


Creio que por ser algo que nos faça realmente bem do qual não precisamos pensar sobre só sentir, acaba que se faz como centro das coisas, criando uma falsa dependência, um momento rápido que cure esse ser solitário e amargo que se é. Como se isso o fizesse.
É mais uma vez o desconto de nossos vazios a algo que não é necessariamente o mais glorificado a se ser. Vejo como complemento e não como conjunto todo.

 Se descontássemos nossas reais vontades em outros valores que nos encham de verdade, ir ao nosso próprio encontro, talvez essa sensação de que nada está bom, que só sexo melhora e amargura saíssem.
Eu não o desfavoreço como inimigo ruim, ou desnecessário, na verdade em casos eu o acho super necessário e essencial.
É apenas parar pra pensar e ver que muitas coisas se fazem voltadas a isso, e é um momento muito rápido se comparado a outras vivências.
Sinto muita glorificação, que se faz mais como fuga por ser prazer, do que como realmente prazer.

Tirem suas conclusões sobre.
Creio que seja isso por hoje
Bye Bye

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.