terça-feira, 20 de setembro de 2016

Maratona Johnny Depp part 10 (Piratas do Caribe)

"Bem vinda ao Caribe querida"
Primeiramente eu amo o Capitão Jack Sparrow.
Ele é um dos meus personagens favoritos! Foi através dele que conheci esse, como posso defini-lo? Esse milagre da genética e do amor chamado John Christopher Depp II.
Capitão Jack Sparrow é sujo, aparenta fedor, tem os dentes podres e ainda assim o pego de jeito (depois de um banho), por ser extremamente envolvente ao falar com seus trejeitos não convencionais.
E no fim essa alma pirata a malandragem tem mesmo confiança por não ser confiante.
Como diz Capitão Jack Sparrow "Eu sou um desonesto, e um homem desonesto pode-se sempre confiar na sua desonestidade". " Vocês lamentaram o dia em que quase pegaram o Capitão Jack Sparrow".
Chega de introdução e Vamos aos filmes bebê!

Piratas do Caribe 1 - A Maldição do Pérola Negra

Por um motim em meados do século XVII, o pirata Jack Sparrow (capitão) vê seu navio O Pérola Negra ser saqueado pelo capitão Barbossa (Geoffrey Rush) e sua tripulação.
Com o navio de Sparrow em alto mar, Barbosa invade a cidade de Port Royal a fim de capturar um ouro persa que muito lhe interessa. Porém pelo acaso essa joia está com Elizabeth Swann (Keira Knightley), a filha do governador (Jonathan Pryce). Isso faz com que Elizabeth  embarque na tripulação do Pérola Negra.
Decidido a recuperar sua embarcação, Sparrow recebe a ajuda de Will Turner (Orlando Bloom), um grande crush de Elizabeth, que vai a missão justo para salva-la.
Porém, o que ambos não esperam é que o Pérola Negra, junto ao capitão e tripulação, foi atingido por uma terrível maldição que faz com que eles naveguem eternamente pelos oceanos e se transformem em esqueletos à noite
-Pela primeira vez parei para assisti-lo e entendi com nitidez a história, o que me fez gostar mais ainda desse filme, pois a trama é bem envolvente e tem essa comédia não tão declarada.
As cenas de ação me envolvem, sem contar que adoro aquela música heroica com toque pirata que toca toda vez que começa as batalhas.
Mas fica uma pergunta no ar: Por que acabar com o rum?
Nota: ★★★★★ () ganhou uma extra
Mas por que acabar com o rum?

Piratas do Caribe 2 - O Baú da Morte

15 homens do baú da morte.
Yo, ho, ho, e uma garrafa de rum.

Elizabeth Swann está prestes a casar-se com o ferreiro Will Turner. Porém o esperado evento é interrompido quando o casal recebe uma chamada de prisão por ter ajudado o pirata Sparrow. Para livra-los da prisão Will Turner parte em viajem a procura do mesmo que está em encrenca, já que o polvo-humano malvado Davy Jones (Bill Nighy) Capitão do navio  assombrado Flying Dutchman, está atrás de Jack afim de cobrar sua dívida de sangue.
Com medo de ser amaldiçoado a uma vida cruel e viscosa após a morte como escravo de Jones, Sparrow precisa encontrar o misterioso baú da morte para escapar da ameaça.
-Confesso que senti falta da comédia sutil nesse filme. Jack Sparrow e Will Turner continuam incríveis junto a toda sua tripulação, e Elizabeth, senti que mais do que nunca seu coraçãozinho balançou pelo Capitão Jack.
Umas das minhas partes preferidas é quando o Capitão Jack está como rei na tribo dos canibais: 'No pikpoik no bitsuice, bo liklik'. E quando a feiticeira Tiadalma aparece: "Não se preocupe amigos Tiadalma e eu somos velhos conhecidos. Aliados, quase inseparáveis. Somos, éramos, fomos. Mas foi antes". - Jack Sparrow
O filme tinha partes mais sinistras e achei as de ações realmente legais, me prenderam bastante.
Nota:★★★★★


Piratas do Caribe 3 - No Fim do Mundo

Yo, ho. Todos, nossas cores erguer
Ladrões e mendigos, jamais irão morrer
(eu amo essa música)

O lorde (chato) Cuttler Beckett (Tom Hollander) da Companhia das Índias Orientais com o coração de Davy Jones em mãos, detém seu navio fantasma o Holandês Voador, que fica sob o comando do almirante James Norrington (Jack Davenport), cuja a missão é vagar pelos sete mares em busca de piratas e matá-los sem piedade.
Para detê-los, Will Turner, Elizabeth Swann e o capitão Barbossa precisam reunir os Nove Lordes da Corte da Irmandade.
Tudo certo até ai, porém falta um capitão, o Jack, que está abandonado consigo mesmo na eternidade e solidão do 'depois da morte'.
O trio parte com a tripulação para Cingapura, na intenção de conseguir o mapa que os conduzirá ao fim do mundo, lugar onde está Jack, para regata-lo.
Porém para conseguir o mapa eles precisarão enfrentar um pirata chinês, o capitão Sao Feng.
"Me dê uma surra e me mande pra mamãe! É o Jack!" (Gibbis)
-Esse filme foi pra mim tão incrível quanto o primeiro. As batalhas emocionantes no fim resolveram todas as questões, todos os conflitos, todas as histórias de Davy Jones (sofredor de amor) e companhia.
Uma das minhas partes favoritas são os pequenos surtos do Capitão Jack Sparrow. Um dele já é meio confuso, um monte então é um senhor me abane! Toda a tripulação Jack correndo com os braços pra cima, conflitando entre si: "Sim senhor eu sei, mas por que ele faria isso? Porque ele é uma besta não é? Vamos dar uma festa magnifica no jardim e você não será convidado!"
E ainda teve direito a beijo no joelho na Elizabeth Swann, ou seria Capitã?
Nota: ★★★★★ ()
Bebei amigos Yo ho!

Piratas do Caribe 4 - Navegando em Águas Misteriosas

Diante do tribunal, o famoso, deplorável, pirata saqueador e assaltante desalmado: Capitão Jack Sparrow.

Com a história de Will, Elizabeth e companhia resolvida, Capitão Jack Sparrow parte até Londres para resgatar seu fiel escudeiro e integrante da população do Pérola Negra: Gibis.
Até que descobre que alguém está usando seu nome para conseguir marujos para uma aventura até à Fonte da Juventude.
Jack descobre que a cuja pessoa é Angelica (Penélope Cruz), seu antigo e eterno crush, ela é filha do famoso pirata e capitão Barba Negra que está com seus dias contados.
Sendo assim Angelica quer encontrar a Fonte da Juventude para que seu pai tenha mais alguns anos de vida.
Porém outros estão interessados nessa fonte, tal como o capitão Barbossa que agora trabalha para o império britânico e possui uma perna de pau. (haha)
-Eu gostei desse filme, mas não foi meu super preferido e empolgante pois senti falta dos personagens dos outros filmes. A parte que mais gosto é quando as sereias malvadas e encantadoras aparecem e claro, quando Capitão Jack tenta seduzir a Angelica: "Hola. Entre. Vinhozinho?
-Acho que já passamos por essa estrada Jack.
-É já passamos sim, eu me lembro bem, uivando, trotando, rodando, girando, rolando, sem parar pra respirar."
Do mais, o filme é muito legal!
Nota:★★★★★

Suas caretas são com o todo o clamor as melhores ha-ha.
Depois de tanta informação e rum é isso por hoje.
Bye Bye!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.